Eram os anos da Guerra Fria. Convencido da existência de uma “centelha divina” que une cada ser humano de maneira idêntica, neste terceiro volume da saga, Inocêncio dá início a uma longa Jornada de autodescoberta, percorrendo um caminho que até então desconhecia, assistindo ao errado se transformar no certo e o certo se transformar no errado. Tendo como pano de fundo dados históricos riquíssimos, o autor discorre sobre os acontecimentos políticos que antecederam o suicídio de Getúlio Vargas, a renúncia de Jânio Quadros, o veto dos militares à posse de João Goulart e a resistência de Leonel Brizola, a revolução de Fidel Castro e a crise dos mísseis soviéticos em Cuba.

Inocêncio e o início da Jornada

REF: EAE61
R$35.00Preço
  • Quantidade de Páginas: 298

    Nº de Edição: 1ª

    Ano de Publicação: 2011

    ISBN:  978-85-61829-02-5

    Idioma: Portugues

  • Nasceu no Rio Grande do Sul, Nova Esperança.

    Aos sete anos, mudou-se para São Borja.

    Aos quatorze, foi morar em Porto Alegre onde aprendeu artes gráficas. Aos vinte e dois, embarcou para Los Angeles, a fim de buscar conhecimentos na área da criação publicitária.

    Em 1966, desembarcou em Lisboa a caminho de Madrid, onde trabalhou como roteirista de filmes publicitários.

    Em 1968 foi para Londres estudar a arte cinematográfica.

    Mudou-se para Paris em 1969 e trabalhou como diretor de arte.

    Neste período participou de concurso de roteiros para uma campanha antidroga, sendo um dos quatro premiados.

© 2016 - Desenvolvido por Éon Design